WRPGF 2016

World Rpg Fest 2016

Desde 2009, o WorldRpgFest é um marco anual em eventos de RPG no nosso Brasil. Sediado em Curitiba, esse evento faz parte do calendário de vários jogadores, gamedesigners, artistas, escritores, editoras e curiosos. Todo ano ele é palco de momentos calorosos de reencontros, criação de novas amizades, e muitas e muitas jogatinas. E neste ano de 2016 não foi diferente.
 .
O evento ocorreu dias 17 e 18 de setembro na sede da Opet, em Curitiba, perto do shopping estação e apenas a algumas quadras da rodoviária. Ele iniciou meio dia, terminando as 21h no dia 17, e no dia 18 iniciou as 11h, terminando às 19h. Com um total de 17 horas de puro Rpg, Boardgames, novidades alucinantes e intervalado com uma noite de botecagem rpg que não deveu nada aos anos anteriores.
 .
Para iniciar, preciso dizer que não posso comentar sobre todas as palestras, até porque aconteceram várias ao mesmo tempo. Além das palestras marcadas do Evento, ainda tiveram várias palestras e bate-papos na sala dos Roleplayers e das Minas de Mória. Dessa forma, não teve como estar em tudo ao mesmo tempo, mas vou falar aqui o que aconteceu, o que eu presenciei e o que foi me relatado!
 .
Obs: o que acontece na Botecagem RPG, fica na botecagem RPG. Quem foi, foi, quem não foi… sorry, perdeu.
 .
Chegando ao evento no dia 17, fui recebido pelos velhos amigos Cláudio Pozas e Leandro L.C e Rodrigues, este bem acompanhado da Elfa. Logo a seguir já fui carregado para o evento do bate papo na sala dos Roleplayers, perdendo a palestra do Pozas sobre 5ª edição (sorry Pozas, fica pra próxima).
 .
O Bate papo juntou as figuras do rpg indie (Julio Matos, Encho Chagas), a Secular games, representada por Eduardo Caetano, RedBox, representada por Igor Moreno, Jambo, representada por JM.Trevisan ,  Guilherme Del Svaldi,  Gustavo Brauner; New Order, representada pelo maior (o cara é tri alto e querido, velho) Anésio Vargas e Retropunk, sempre encabeçada por Guilherme Moraes. Liderando a matilha, estava Bruno Cobbi, dos Roleplayers, que iniciou a conversa com a seguinte questão: “Como será o futuro do roleplay?”. Posso dizer que foi legal o bate papo, divertido e cativante ainda mais pela notícia que pegou todo mundo no sneak attack: A Dragão Brasil vai voltar! (o JM tava tão faceiro que não aguentou segurar a notícia até a palestra deles do outro dia! Foi muito legal, e o povo pirou!). Para constar, inicialmente no auditório estavam eu, Rafael Rocha (da revista Mais Dados, não o da secular), e John Bogéa, que participaram ativamente da conversa. Depois encheu de gente. Não vou conseguir citar todo mundo… A conversa foi boa, e desvairou obviamente para o retorno da DB. Segundo JM, eles estão ainda vendo como será, mas a idéia básica é fazer a mesma online, com noticias pela RPG Notícias, e encabeçada como editor chefe o JM. Prevejo coisas boas!
Bate-Papo

Bate-Papo

 .
Seguindo esse bate papo, o evento estava cheio. Pelo formato do local, que, diferente dos outros ano que era uma área grande e quadrada, sendo que o pessoal ficava nas mesas do centro; dentro da Opet o espaço era com salas. Portanto não dava para ver a “lotação” do local, mas para ter uma noção: Lá teve uma área central com pelo menos 15 mesas, mais duas salas, uma cuidada pela Retropunk com 8 mesas, outra da New Order com mais 8 mesas, duas salas para os Roleplayers, mais uma nas Minas de Mória, outra das Tropas Polares de Wargames, além do povo jogando na cantina. Estava bem calçado o evento de mesas (apesar de eu ter ficado sem mestrar duas vezes pq não tinha mesa). Entre as salas, ainda tivemos as bancas das empresas e editoras. Jambô, Retropunk, Encho Indie Games/Secular, New Order, Manticore, Pensamento Coletivo, Tabula Venata/Rocky Raccon/Galápagos, Conclave e as famosas lojas de hidromel Valkiria, camisetas geek (Stozas), e magic trinkets (DBR shop) que todo ano nos proporcionam diversão infinita.
 z_14435050_10153940031786705_4238201341281653889_o
 .
Depois de ver toda a galera das antigas (não dá pra falar de todos), conversar e abraçar todo mundo que a gente conhece pela internet, mas não pessoalmente (Camila Gamino, Anésio Vargas, Cecília Reis, Gustavo Brauner, Eva Cruz, Jack Explicador e Enéas Carneiro – Estou falando de vocês!) partiu para mais trabalhos… Ou melhor, comer alguma coisa que eu nem tinha almoçado ainda!
 .
Me juntei ao bando de zumbis walking dead morto de fome (Azecos, Leandro, Elfa, Anitta, Pozas, e mais uma galera) e partimos para atravessar a rua e ir comer um sanduíche no posto, tomar um café gelado (que eu chamo de Budweiser) e.. jogar RPG! Pozas fez um jogo ao vivo e a cores para jogarmos enquanto comíamos. Estávamos em uma estação espacial, sem memória de quem éramos  (poderia ser um psi*run) … e …eu me separei do grupo… :/ nem sei como terminou a história. Devo ter morrido. sucks.
 .
Depois disso fui para uma palestra das Minas de Mória, onde Stephinha, Eva Cruz e Cecília Reis falaram sobre mesas seguras. Foi uma palestra ótima e ruim de ouvir. Ótima porque trata muito bem de pontos que a Cecília já falou algumas vezes sobre sangramento, e sobre o bem estar na mesa de jogo e contrato social, e ruim, pois é foda pensar que ainda existam em mesas abusos de poder que chega a machucar jogadoras e jogadores. De um jeito ou de outro, um puta aprendizado!
 Z_14361417_955018131277106_8762581206252797519_o
 .
Seguindo o caminho pra balada, oops, isso é mais tarde, fui para a palestra do Leandro LC e Rodrigues sobre Ed greenwood no Brasil… oh fuck. Aparentemente o nosso senhor Ed Greenwood (Forgotten realms pra quem não liga o nome ao trabalho) está “doidimais”, com projetos planejados até 2020 (sim, tipo cyberpunk 2020) ele planeja lançar vários RPGs, e ainda por cima com espaço no Brasil! a TEGG Brasil, a união de vários artistas, tradutores, youtubers vai trazer o que puder pra cá! Detalhe massa da série de livros que serão lançados dia 31 , chamada HellMaw. Aconselho a procurarem, parece ser foda demais!
 .
Depois de tudo isso o peso do cansaço (e a sede por cerveja) estava pegando. Nesse momento fui avisado pelo Luiz Grimuza (Papaya Games) que eu estava sendo summoneado pelo pessoal do Pensamento Coletivo! Bem, não vou dizer o que se trata, mas é boardgame 😉 e os bons! esperem noticias doidimais no futuro! (ah, btw, hashtag #valeu Filipe, Ly Pucca)! 😉
 .
Então… já estava ficando tarde, já tinha anoitecido, e todo mundo no World RPG Fest sabe o que acontece quando anoitece….
Botecagem RPG!
 .
A Botecagem esse ano foi no Gold Skull Bar. Um boteco com Chopp e Hamburguers. Quando um lugar tem hamburguers com nome “You shook me all night long”, “Smells like a teen spirit”, ” Thunderstruck”, você sabe  que está no local correto. Para nós, meros rolistas, o chopp 500 custava o mesmo de 300… ou seja… HELLO DARKNESS MY OLD FRIEND! (ainda bem que existe táxi e uber). Bem como eu disse na observação anteriormente, o que acontece na botecagem fica na botecagem, mas posso dizer:
– Teve jogatina do REI DE CURITIBA (graças a Jaga….) e estava divertido pra caráleo! Ponto para o Jão pagando para não subir na mesa para cantar Ilariê.
– Teve história bizarra envolvendo 20 anos atrás e a Fernanda Lima (O.O)
– Teve aniversário do Encho com direito a um Bolo de chocolate em formato de caveira!
– Teve saída pro Blood depois pra comemorar o aniversário do Encho;
– Teve Nirvana, Pearl Jam cover
– Teve gente dormindo no lixo
– Teve gente caindo que não sabia onde estava
– e teve eu, bem quieto, indo dormir tri cedo… 😛 (e não lembrando metade do que aconteceu no Blood).
 .
.
Buenas, vamos ao dia 18! O Ressaca World Rpg Fest Day!
Dia 18 foi mais sussa. Tipo, bem de boas…
 .
Cheguei no evento as 12h. O pessoal já estava a mil. Mesas correndo, pessoal se recuperando da noite anterior (teve gente que chegou depois das 15h.. nós não somos mais tão jovens….).
 .
A primeira ação tomada foi aloprar com o Igor Moreno sobre o Cartas a Vapor, um cardgame steampunk que está em FC pela Potato Cat, baseado na literatura steampunk “A Lição de Anatomia do Temível Dr. Louison” de Enéias Tavares, meu conterrâneo aqui de Santa Maria, RS. Baita massa!
 z_14380004_10153940060611705_5223345037659158700_o
 .
Depois disso fui aloprar tomando o estádio Pokémon junto com o Cecílio da Tabula Venatus, para o Team Instinct! Go INSTINCT! (PS: a moça que estava vestida de Líder de Ginásio ajudou pacas ^_^ )
 .
Após esse interlúdio, o pessoal da Roleplayers estava indo embora mais cedo. Após abraços e tchaus, roubamos a sala deles 😛 para fazer a junção mais doidimais rolista do dia: Juntamos uma galera para falar, discutir, apresentar ideias e problemas voltados ao nosso RPG de cada dia. Não vou citar todo mundo, mas todos participaram nas demonstrações, deram suas ideias, discutiram, e o mais louco! De lá saiu uma ideia doida pra um RPG envolvendo true names, entidades, e magias envolvendo palavras-chave incluindo o nome do mago. Todo mundo saiu pilhado! muito show mesmo! Quero ver quem está escrevendo!
 Z_14352621_10153944461646705_2809796572882469784_o.
Bem, depois disso o pessoal já estava começando a pensar nos tchaus, e ir embora. O evento terminava cedo (19h), e estávamos nas palestras finais. Fui tentar pegar a finaleira da palestra do Julio Matos sobre educação e rpg, e posso dizer que o que eu vi foi fantástico! Way to Go Jules! Keep pushing!
 z_14372385_10153944463936705_5954388468510717535_o.
Após os adeus, tchaus e abraços apertados, hora de fechar o bolicho. O Pessoal começou a arrumar caixas, malas e livros. Como eu estava na casa do Caco (Manticore), tentei ajudar a fechar o estande. Pow, que monte bizarro de caixas… Bem após terminar, voltamos ao Gold Skull Bar… para comer e tomar só UM chopinho… pena que era noite do chopp duplo, então foram 2! ou 4…
 .
Finalizando, posso dizer que me diverti bastante! Rever velhos e novos rostos que conversamos sempre via twitter e facebook, rir, trocar ideias, mostrar trabalho, andar em bando por Curitiba, me traz memórias de todos os anos que vivi isso nesta cidade. Desde a primeira vez em 2011 que coloquei os pés nesse evento, sempre fui muito bem tratado, sempre conheci pessoas legais e sempre saí com o mesmo mantra: “Ano que vem eu volto”.
 .
Até 2017, Curitiba!
z_Image1
 z_2Image1
– E não perca AQUI, uma entrevista com o Criador do WorldRPGFest, o famigerado Eraldo!
Fotos do evento (Álbum do WRPGFest) AQUI, e do nosso querido Igor Moreno
 .
Novidades, Lançamentos e Pré-Lançamentos:
 .
Jambô:
– Dragão Brasil!
 .
Pensamento Coletivo:
– Shadow of the Demon Lord
– Manhattan Project
– Imperial 2030
– Deloyal
– Mutant: Ano Zero
– Laser & Sentimentos
 .
New Order:
– Shadowrun Crossfire
– Shadowrun 5a Edição
 .
Retropunk:
– Sk8 Pro
– SAVAGEEEE Worlds!
– Terra Devastada
– Arena: Sangue e Glória
– Gangsters de Retrocity
 .
Listagem de Palestras e bate papos:
 .
WorldRPGFest:
– Bastidores de Criação do D&D5e – Cláudio Pozzas
– Mais um hobby – Jogos modernos de tabuleiro – Jack o Explicador
– Ed Greenwood no Brasil – Leandro LC e Rodrigues
– Como é Trabalhar com games – Gabriel Soto Bello
– Tormenta: bate papo com JM Trevisan e Gustavo Brauner
– O que você deveria saber antes de narrar Rpg – AzeCos
– Jogos Educacionais: Onde estamos errando? – Julio Matos
 .
Minas de Mória:
– Mesas de Improviso
– Mesas Seguras
– Criação de Cenários e Sistemas de RPG
– Orientação não-hétero na mesa de RPG
– RPG e Horror
– Mulheres e RPG
.

Espaço Roleplayers:
– Bate Papo: Narrador profissional existe?;
– RPG para Crianças, com Camila Gamino;
– Bate Papo: O Futuro do RPG no Brasil;
– A história de Forgotten Realms, com Gustavo “Sembiano”
– Como Jogar Dungeon Crawl Classics, com Diogo Nogueira (não o sambista, o outro)

.

Buenas! Terminamos aqui gurizada! Um grande abraço e segue o baile!

About the author: Fabiano Saccol

Nome: Fabiano Saccol Alias: Chikago Idade: 39 Cabelos: grisalhos(ui) barba: grisalha (uix2) altura: 1,77 peso: não te interessa, mas 105 Começou jogando RPG aos 13 anos, D&D basic. Viciou em Gurps e vampiro nos anos 90, mas aprendeu que a politica brasileira é pior que um conclave, portanto largou vampiro. Jogou basicamente tudo que foi lançado desde 1990 até 2010. Começou a pensar em fazer RPG em 2010, e hoje é pira doida de jogos analógicos boardgamisticos. Adora jogos simulacionistas, boardgames euro com roupagem bonita e cerveja artesanal.

Leave a Reply

Your email address will not be published.