14409529_707065486111902_6430101198884773962_o

A sempre crescente lista de Jogos Analógicos Independentes doidões!

Essa é uma lista com links de acesso a todo jogo independente doidão publicado no Brasil, separados por editora, página do autor ou projeto em que os jogos foram publicados em ordem alfabética. Perceba que o foco aqui é divulgar onde você pode encontrar estes jogos, e não exatamente quais eles são. Se o jogo está atualmente indisponível, ele não estará listado aqui. Os jogos aqui listados são jogos que fogem do padrão de mercado, que por isso chamamos no Rolê Rolista de “doidões”.

Se você é um autor ou representa uma editora que produziu um jogo que deveria estar nesta lista, entre em contato!

 

dadaoviolado

Dado Violado

https://dadoviolado.com/

MENINa (2015)

Este é um exercício de empatia para homens heterossexuais cisgênero*, que devem interpretar meninas ou mulheres que acabaram de escapar de uma situação de abuso/violência perpetrados por homens, e agora se encontram em um ambiente protegido, porém nãofamiliar (hospital, delegacia, abrigo). Estas mulheres acabaram de abrir mão de algo importante para elas, em nome de sua segurança física e psicológica, e agora lhes é dada a oportunidade de contar suas histórias, em um uma roda de conversa semelhante à terapia coletiva ou grupo de autoajuda. Uma única mulher (cis ou transgênero) deve participar da cena, apenas como mediadora do grupo: concedendo a palavra, agradecendo o depoimento, encorajando sutilmente a fala, etc.

 

No Fim de Todas as Coisas (2015)

Um jogo sobre o sacrifício de grandes narrativas. Este é um mundo de grandes aventuras. Nele, guerreiros conquistam cidades e coroas, magos dominam as esferas superiores do conhecimento arcano e bardos são recebidos com emoção em praça publica. Este é o seu mundo, que finalmente encontrou o seu maior desafio… o próprio fim. Por anos este grupo de bravos heróis, aventureiros e desafiadores do desconhecido ergueram suas convicções e vontades para desafiar o caos. Cansados, mas jamais derrubados, chegou a hora de se reunirem para evitar o fim. Custe o que custar.

 

encho

Encho Indie Studio

http://enchochagas.lojaintegrada.com.br/

A Brigada dos Quatro (2016)

Texto: Encho Chagas

A Brigada dos Quatro é um RPG, um jogo de se contar histórias. É jogado sempre com quatro jogadores, em que cada um deles assumirá um dos quatro papéis apresentados pelo jogo: o Exemplo, o Repreendido, o Excluído e o Solitário. Os jogadores apenas podem agir quando determinados gatilhos acontecem no jogo, senão são obrigados a obedecer quaisquer mandos e desmandos sem reclamar. O jogo foi criado para contar uma história que evoca o sentimento de opressão e repressão que uma sociedade militarista é capaz de criar em um jovem adolescente em plena descoberta sexual. Este jogo vai falar sobre violência, sobre sexo, sobre preconceito… e acima de tudo sobre a necessidade humana de se relacionar, se comunicar, e como é frustrante ter tal tipo de necessidades e vontades completamente reprimidas por uma sociedade cruel e manipuladora, vivendo em um corpo qu você não reconhece como seu.

PULSE (2013)

Texto: Encho Chagas

PULSE é um jogo de se contar histórias, primeiro jogo brasileiro a vencer o concurso mundial Game Chef em 2013. Cada jogador descreve um elemento da história. Um lugar, uma pessoa, um objeto, um animal… qualquer coisa. Esse elemento será representado por uma cor e, conforme a história vai sendo contada, cada elemento produz pulsos, círculos desenhados pelos jogadores representando sua relevância na história. Em cada cruzamento de cores diferentes, pode aparecer uma interação diferente entre eles, mais um pedaço da história escondido no mapa de pulsos. O jogo corre como uma investigação de uma cena do crime. Os jogadores vão e voltam no tempo desvendando, ou criando, novas informações ao longo da história contada. Um jogo rápido e divertido mas que oferece possibilidades ilimitadas para criação.

 

hiemis

Hiemis

http://sistemahiemis.ceciliareis.com.br/

Texto: Cecilia Reis

Hiemis é um sistema minimalista de RPG adaptável a todas as histórias e todos os universos. Rápido de aprender, simples para jogar. O jogo é constantemente atualizado através do blog da autora com novos cenários e ambientações, bem como mecânicas sugeridas para cada um deles. O sistema é simples: você diz que deseja fazer uma coisa e ela acontecerá se não houver nada para impedir. Caso exista um obstáculo, um teste é requisitado pelo mestre.

 

inseto

Inseto Vermelho

http://www.insetovermelho.com.br/

Cachorros Samurais (2015)

Texto: Alan Silva

Cachorros Samurais é um jogo sobre a natureza canina e filosofia oriental dos honrosos e disciplinados combatentes samurais. Neste mundo mágico onde geralmente cães são samurais e gatos são ninjas, as pessoas assumem o papel dos discípulos samurais, que colocam sua honra, disciplina, técnica e lealdade a serviço da conduta samurai em jogo. Tudo deve ser feito para ajudar a recriar o esquecido código de conduta dos samurais, tendo com um dos objetivos mudar o rumo desta civilização.

Teen Witch (2015)

Texto: Avery Mcdaldno

Teen Witch é um jogo de RPG solo e gratuito criado pela Avery Mcdaldno (Monsterhearts) sobre criar “feitiços”. Você interpreta uma bruxa adolescente que busca um local secreto para brincar com a magia. Mas é um segredo, que ninguém possa saber, a não ser que você ensine para alguém.

Sonhos Tortos (2015)

Texto: Alan Silva

Sonhos Tortos nos dá construções em ruínas, vidas em ruínas, rostos em ruínas, revólveres carregados, poderes psíquicos, azarões de coração partido e céus turbulentos perguntando “O que você faz em seguida?” É um jogo para 3-5 pessoas. Leva 3-4 horas para jogar uma sessão completa.

Veridiana (2014)

Texto: Alan Silva

Veridiana é um jogo de histórias para 4 pessoas com duração de 45 minutos. As pessoas interpretam criaturas que sofrem de uma doença e são exiladas da grande árvore. A única alternativa para tentar retornar para casa ou curar-se é ir para a Veridiana.

Esquadrão Libélula (2016)

Texto: Alan Silva

Esquadrão Libélula é um jogo de histórias. Ele permeia a exploração, investigação e tecnologia. Vocês interpretam drones com inteligência artificial. Existem uma série de modelos de fabricação, são inúmeras e realizam diversos tipos de atividades, todas complementares e executadas diariamente. É feito para 3-6 pessoas.

 

alacarte

Jogos à la Carte

https://www.patreon.com/alacarte

Postmortem (2014)

Texto: Jairo Borges

Postmortem é um jogo onde o caráter colaborativo será fundamental para construir uma Jornada. Os jogadores irão interpretar um Espírito, que teve sua vida abruptamente interrompida com a sua morte. E cabe a ele investigar quais foram os motivos que desencadearam seu assassinato. Para encontrar a resposta (que pode levá-lo, ou não, à paz eterna), ele irá investigar seu passado e presente, oscilando entre memórias de sua vida e eventos que testemunha depois de morto. Tudo isto intermediado por Temas e um ciclo narrativo singular, focado nas escolhas do protagonista.

Caçada ao Colosso (2014)

Texto: Jairo Borges

Caçada ao Colosso é um jogo sobre a construção, por parte dos jogadores, de uma Lenda nos moldes de histórias épicas de heroísmo. A história de um Herói, ousado o bastante para combater uma existência absurda para o mundo ­ um ser que considera o ser humano como a um verme. Sua natureza real pouco importa ­ pode ser um gigante de pedra, um dragão, um titã, ou até mesmo um deus vivo. Não há conflitos internos pré-estabelecidos, ou um contexto intimidador inicial neste jogo. Basta apenas definir quem será o Herói e quem será o Colosso, que o jogo pode começar de fato.

 

larp

Larp Brasil

http://larpbrasil.blogspot.com.br/

Este blog na verdade tem uma função parecida com esta lista de jogos doidões, que é reunir todo larpscript em português que eles encontrarem. Maior parte do conteúdo é de autores nacionais, mas jogos gringos traduzidos também podem ser encontrados. Como é uma lista sempre crescente, não vamos listar aqui todos os jogos publicados.

 

RP-logo

Retropunk

http://wwww.retropunk.net/editora/

Fiasco (2011)

Texto: Jason Morningstar

Fiasco é inspirado nas histórias cinematográficas de pequenos golpes que deram desastrosamente errados – particularmente filmes como Gosto de Sangue, Fargo, A Sangue Frio, Queime Depois de Ler e Um Plano Simples. Você interpretará uma pessoa comum dotada de uma poderosa ambição e pouco controle dos próprios impulsos. Serão sonhos grandiosos e execuções pífias. As coisas não irão bem, para dizer o mínimo, e no fim tudo acabará desembocando em uma gloriosa sequência de ciúme, assassinato, e recriminação. Vidas e reputações serão perdidas, dolorosa sabedoria será adquirida, e se você for muito sortudo, seu cara pode terminar exatamente no ponto onde começou.

Este Corpo Mortal (2013)

Texto: Brennan Taylor

Este Corpo Mortal é um jogo de RPG sobrenatural que começa quando todos os jogadores criam, em conjunto, um mundo único de fantasia, com a magia poderosa ou sutil, dependendo do desejo do grupo. Crie personagens para explorar este mundo, sua magia e a paixão que moldam as histórias que nacem da sua mente. Você quem decide se pretende contar uma história de horror sobrenatural sombria, de tolos sábios e gigantes, de guerras secretas entre cabalas mágicas, ou de políticas desumanas entre os seres que nunca morrem.

A Fita (2015)

Texto: Diego Astaurete

A Fita é um jogo de terror que cria um momento trágico captado por diversas câmeras de vídeo em perspectivas diferentes, utilizando a narrativa compartilhada como ferramenta para a construção de cenas, locações e personagens, emula
ndo, assim, filmes estilo found-footage (Bruxa de Blair, Cloverfield, etc.)

Abismo Infinito (2012)

Texto: John Bogéa

Abismo Infinito é um jogo de horror pessoal onde astronautas percebem que os sonhos podem afetar a realidade, descoberta da pior maneira possível. Além de um jogo de contar histórias, Abismo Infinito é um jogo de contar seus pesadelos e maiores medos, além de sobreviver a eles em meio a viagens de exploração espacial.

Terra Devastada (2011)

Texto: John Bogéa

Terra Devastada é simples e intuitivo que preza pelo poder imaginativo e narrativo dos jogadores em uma jornada pela sobrevivência em um mundo apocalíptico, devastado por mortos-vivos. O sistema segue um conceito flexível que permite a customização dos personagens pelos jogadores. É um jogo de atos e consequências, de desespero e de desesperança, e de como passar dia após dia sem enlouquecer ou ser devorado.

 

Edu

Rolista Independente

https://www.patreon.com/EduardoCaetano

Pedra Viva (2016)

Texto: Eduardo Caetano

Pedra Viva é um micro-jogo solitário para uma pessoa, sobre cuidado, sutileza, introspecção, consciência, desprendimento, força interior e sensibilidade. Mas também sobre niilismo & loucura & melancolia. Ele se embasa em princípios vagos de magia natural. O objetivo do jogo é criar um personagem cuja essência é armazenada em uma pedra e com quem manterá uma relação quotidiana com ela.

Estas Pessoas na Sala de Jantar (2016)

Texto: Eduardo Caetano

Jantares formais são uma daquelas ocasiões sociais em que as regras são diferentes em todos os lugares que você vá, mas de alguma forma são as mesmas. Eduardo Caetano hackeou o gênero de jogo de festa de jantar em algo maravilhoso e carregado. Francis convidou para jantar várias pessoas próximas a ele, só que eles não sabiam que Francis atrasaria tanto. O jogo consiste naqueles embaraçosos momentos antes de acontecer a verdadeira festa, quando as pessoas ainda não decidiram como o evento vai se dar e quando segredos íntimos são revelados. “Uma espécie de larp-jantar de forma livre,” Estas Pessoas na Sala de Jantar usa os elementos centrais do jantar formal – fazendo brindes, ouvindo certas músicas de fundo, o passar de alimentos – em mecânica de jogo funcionais que potencializam o clima. Estamos muito animado para preparar as refeições com os nossos amigos, e então lidar com alguma ficção potencialmente romântica e luxuriante como parte do prato principal.

Meu Brinquedo Preferido (2014)

Texto: Eduardo Caetano

Você já ouviu dizer que a Imaginação não tem limites, certo? Mas em se tratando de crianças, essa máxima encarna outras proporções. Para algumas, a diferença entre o Real e o Imaginário é quase inexistente. Através das brincadeiras, elas aprendem sobre o mundo, e ao projetar seus medos, inseguranças e frustrações em situações lúdicas exercitam e aprendem meios de vencê-los e superá-los. Se o RPG é uma forma de Faz-de-conta, então Meu Brinquedo Preferido pode ser considerado uma forma de metalinguagem. Aqui você vai voltar aos nostálgicos tempos de quando era pequeno. Vai ser divertido e emocionante. Uma espécie de Infância Consciente. Este é um jogo para adultos. Para que eles possam revisitar traços de suas infâncias, e até quem sabe, aprender sobre si mesmos em uma possível viagem de auto-descoberta.

 

secular

Secular Games

http://www.secular-games.com/

Psi*Run (2016)

Texto: Meguey Baker

Psi-Run é um jogo narrativo de ação, psiquismo e mistério para 3 a 5 jogadores. Os personagens, chamados Fugitivos, têm poderes psíquicos e amnésia. A única coisa da qual eles têm certeza é o fato de estarem sendo perseguidos pelos seus antigos carcereiros, denominados Perseguidores. Durante uma partida, os jogadores rolarão dados e os designarão entre determinadas categorias, denominadas Riscos, para alcançarem seus objetivos, responderem perguntas a respeito do passados dos Fugitivos, usarem poderes psíquicos, evitarem perigos e a captura pelos Perseguidores.

Dungeon World (2013)

Texto: Adam Koebel e Sage LaTorra

Dungeon World é um RPG de aventura fantástica que combina a pegada dos jogos da velha guarda com regras modernas. Você e seus amigos vão explorar terras repletas de magia e perigos no papel de aventureiros em busca de fama, ouro e glória. As regras de Dungeon World são fáceis de aprender e sempre dirigem a narrativa adiante de maneiras inesperadas. Uma falha em uma rolagem de dados nunca é um beco sem saída – elas introduzem novas complexidades e complicações para os heróis. Afinal a vida de um aventureiro é difícil e perigosa, mas nunca entediante!

Violentina (2011)

Texto: Eduardo Caetano

Violentina é um jogo sobre Violência, Vícios, Volúpia …e nem um Vintém, onde os jogadores interpretam trapaceiros, mafiosos, femme fatales e autoridades corruptas em uma espécie de Colaboração Competitiva. Profundamente inspirado na estética e na narrativa dos filmes de Quentin Tarantino e Guy Ritchie, Violentina utiliza um sistema baseado em cartas e fichas de poker afim de distribuir de forma equilibrada o controle narrativo entre os jogadores, transformando aspectos e características específicas deste tipo de filme em mecânicas de jogo.

Busca Final (2011)

Texto: Giltônio Santos

Busca Final é um jogo de narrativa épica, onde o narrador e os demais jogadores, que assumem o papel de protagonistas da história, forjam em conjunto uma grande saga com início, meio e fim, na qual indivíduos de fé e convicção se encontram ou finalmente se perdem na questão essencial do continente fictício de Othora: o que aconteceu com a magia do mundo? O sistema de regras não utiliza dados, mas cartas de baralho comuns e tem como foco a narração de conflitos.

 

zk

ZeoKang Studios

http://gradium.com.br/zkstudio/ (jogos compráveis)

https://zeokang.wordpress.com (jogos baixáveis gratuitamente)

Bordeux (2016)

Texto: Julio Matos

Bordeux é uma experiência narrativa baseada em diálogo, para 4 jogadores. Na cidade de Bordeux, durante a Peste Negra, pouca ou nenhuma comida havia para seus habitantes. Dentro de uma sala, 4 pessoas definiam o destino da cidade, e os jogadores devem assumir a persona de uma delas e seguir os paradigmas e objetivos determinados por seus cartões durante os diálogos. O PDF está montado para viabilizar a impressão em cartas com “frente e verso”, formando um conjunto de 5 cartões. Você não precisa lê-lo antes de jogar, e isso provavelmente vai potencializar sua experiência.

UED – United Earth Defense (2013)

Texto: Julio Matos e Fabiano Saccol

UED é um jogo de RPG sobre Ficção Científica, Sobrevivência em Glória. Nele os Jogadores serão lançados em um planeta Terra que fora invadido há 300 anos por uma raça alienígena e sofre com uma Era Glacial natural. Defender o pouco que resta da humanidade e gerenciar seus recursos serão os desafios dos personagens nessa empreitada.

A Fronteira Final (2012)

Texto: Julio Matos

A Fronteira Final tenta transportar o clima de jornada, conhecimento e fé para a imensidão fria do espaço. Após um período desconhecido, os Exilados despertam da criogenia a bordo de uma nave gigantesca sem lembrar como foram parar neste lugar. Começa então uma jornada de conhecimento e esperança em busca do caminho de volta para o Planeta Terra. O jogo é um suplemento de Busca Final, jogo publicado gratuitamente pela Secular Games (também nesta lista).

Mundo de Masmorras (2013)

Texto: João Mariano

Mundo das Masmorras é uma simplificação baseada no aclamado Dungeon World com tema de Fantasia Medieval. O jogo simplifica ao máximo as regras e mecânicas apresentadas primeiramente no Apocalypse World de Vincent Baker e adaptadas para o gênero fantasy no Dungeon World. Uma boa ponte de transição dos jogadores mais acostumados com jogos de fantasia tradicional. O jogo tem apenas 12 páginas em formato A5 e foi pensado para que cada jogador tenha sua cópia e faça seu personagem na ficha que é contracapa do jogo. Assim todos podem ter acesso facilmente as regras.

About the author: Encho Chagas

Encho Chagas gosta de criar coisas, atualmente focando em jogos de mesa. Foi campeão mundial do Game Chef 2013 com seu jogo PULSE e é fundador do coletivo Nação dos Jogos, que trabalha para criar uma cultura sólida e colaborativa de criação de jogos no país.

Has one comment to “A sempre crescente lista de Jogos Analógicos Independentes doidões!”

You can leave a reply or Trackback this post.

  1. Rafael - outubro 11, 2016 at 2:14 pm Reply

    Vale incluir nessa lista os jogos da Coisinha Verde Games.

    Muito boa a lista. Não esqueçam de atualizá-la regularmente.

Leave a Reply

Your email address will not be published.